Conselhos e dicas


Como cuidar dos seus óculos, as coisas a fazer e não fazer.

✔ O que fazer

✘ O que não fazer

Utilizar água corrente, a toalhita fornecida.

Utilizar pasta de dentes, saliva, álcool para esfregar ou um líquido de limpeza de óculos (este último pode ser usado ocasionalmente quando estão muito sujos, se não contiver álcool)

Conservá-los no estojo quando não estiverem em uso. Se não tiver um, ponha-os em segurança, com as lentes viradas para cima.

Limpá-los com uma camisola, camiseta, blusa, gravata, lenço, pano sujo, etc.

Utilizar um pano limpo.

Expô-los ao calor (temperatura máxima 35°C), deixá-los no carro ao sol, sauna, secador de cabelo em exposição direta por muito tempo.

Verificar regularmente o estado das lentes.

Expô-los ao frio. (Temperatura mínima -10°C)

 

Lavar a toalhita a uma temperatura superior a 40°C ou com um amaciador de tecidos.

 

Utilizar qualquer sabão líquido.

 

Utilizar líquidos de limpeza de óculos que sejam abrasivos para lentes anti-reflexo.

Se as hastes estiverem demasiado soltas ou demasiado apertadas e tiver uma armação de acetato (plástico), pode aquecê-las com um secador de cabelo ( tenha cuidado de não aquecer as lentes) durante cerca de 20 segundos, o que lhe permitirá dobrar as hastes num ângulo desejado.

Como escolher uma armação que me convenha?

  • Rosto oval : Rectangular, Oval, Quadrada, Redonda, Wayfarer e Borboleta. Evite armações estreitas.
  • Rosto quadrado : Oval, Redonda, Wayfarer. Preferencialmente armações invisíveis e semi-circulares em vez de angulares.
  • Rosto redondo : Rectangular, Quadrada, Wayfarer. As armações angulares funcionam particularmente bem, circulares ou semi-circulares. Evite lentes pequenas.
  • Rosto em forma de coração : Rectangular, Oval, Wayfarer. Evite armações espessas, demasiado grandes ou com impressão excessiva. As armações invisíveis suavizam e equilibram as linhas faciais.
  • Rosto em forma de diamante : Rectangular, Oval e Borboleta ou invisível, com uma linha superior bem definida.

Como escolher lentes que me sirvam?

Correções

Monofocais, progressivas ou regressivas: Qual escolher?

A escolha das lentes é determinada pelas necessidades da sua visão e pelo seu estilo de vida.

A maioria das pessoas precisa de lentes monofocais, mas para aqueles que atingiram a idade da presbiopia, a escolha pode ser um pouco mais complicada.

Primeiramente, verifique a sua receita para saber o que é mais conveniente.

  • Lentes monofocais: adequadas para aqueles que não têm presbiopia mas também para aqueles que, mesmo tendo presbiopia, não conseguem adaptar-se a lentes progressivas ou precisam de um par de óculos para uma distância específica (leitura, ecrãs, computadores,…).
  • Lentes progressivas: Adequadas para aqueles que precisam de nitidez a diferentes distâncias de visão (perto, intermédio e longe) no mesmo par de óculos. Para reduzir os problemas de adaptação, aconselhamos a escolher armações com lentes de altura mínima entre 30-34mm.
  • Lentes regressivas: Adequadas para présbitas que trabalham em ambientes de escritório com necessidades de visão nítida entre os 30cm e 1,50m.

Índices de refracção – espessura das lentes

A escolha do índice de refracção é muito importante, uma vez que não depende apenas da graduação mas também do tipo de armação escolhida, das dimensões e forma das lentes, e até mesmo da distâncias pupilares.

Desta forma, o resultado pode ser muito diferente de pessoa para pessoa.

No entanto, podemos dar-lhe algumas dicas para tornar a sua escolha bem sucedida.

1. Considerar ESF e CILsem sinais, ou seja, para-3,25, +1,25 x 90º seria 3,25 e 1,25.

2. AdicionarESF+ CIL sem ter em conta os sinais (3,25 + 1,25 = 4,50). Baseamo-nosneste total para a escolha doíndice. Esta não é propriamenteaforma maisespecificadecalcular, mas irádar-lhe uma ideia mais precisa das suas necessidades.

3. Verifiqueo índice recomendado para o valor total.

  • Índice1.5: Até 50% mais leves que as lentes minerais, são adequadas comuma correcção esférica (indicada por ESFna sua prescrição) de +/- 2,00 ou com uma correcção cilíndrica(indicada por CILna sua prescrição) de +/- 1,50. Se precisar de ambasas correcções,ESFe CIL, o total não deve exceder 2,50 dioptrias.
  • Índice 1.6: mais resistentes e até 20% mais finas do que as lentes do índice 1.5. São
    particularmente adequadas para correcções esféricas entre +/- 2,25 e +/- 3,75 ou correcções cilíndricas entre +/- 1,75 e +/- 2,75. Se precisar de ambas as correcções, ESF e CIL, o total não deve exceder 4,50 dioptrias.
  • Índice 1.67: até 30% mais finasdoque as lentes do índice 1.5. São particularmente adequadas para correcções esféricas entre +/- 4,00 e +/- 6,00 ou correcções ilíndricas entre +/- 3,00 e +/- 4,00. Se precisar de ambasas correcções,ESF e CIL, o total não deve exceder 6,50 dioptrias.
  • Índice1.74: até 40% mais finas do que as lentes do índice 1.5. As nossas lentes mais finas sãoconcebidas para as prescrições mais fortes.Estas lentes, significativamente maisfinas, são adequadas para correcções esféricas de +/- 6,25 a+/- 10,00 ou correcções cilíndricas entre +/- 4,25 e +/- 6,00. Se precisar de correcções SPH e CYL, o total deverásermaiorque6,50 dioptrias.

Algumasinformações adicionais

Seas lentes forem muito pequenas (istoé,altura inferior a 28mm e largura inferior a 50mm), é possívelusufruirde lentesestéticas e leves com um índice mais baixo do que o recomendado.
Para armações de tamanho "normal" (ou seja,altura 29-34mm e largura 50-52mm) oideal é respeitar o índice recomendado.Relativamentealentes grandes (altura superior a 34mm e largura superior a 53mm),será melhor escolher lentes mais finas ou possivelmente mudar omodelo porque o resultado poderánão satisfazer as suas expectativas.

Alguma dúvida, não hesite em contactar-nos.